Plantão Itabuna - A denúncia é sua, a missão é nossa: Força Tarefa prende quadrilha acusada da morte do delegado baiano Marco Torres; um bandido foi morto em troca de tiros

domingo, 29 de abril de 2018

Força Tarefa prende quadrilha acusada da morte do delegado baiano Marco Torres; um bandido foi morto em troca de tiros

A Polícia Civil da Bahia, em conjunto com policiais de São Paulo, desarticulou uma quadrilha de bandidos apontada como autora da morte do delegado baiano Marco Torres, que teve o corpo carbonizado dentro de uma camionete Hilux, próximo ao Distrito de Sussuarana, na Bahia. 

Após dois dias de diligências em São Paulo, equipes da Polícia Civil, cumpriram dois mandados de prisão preventiva em desfavor de Júlio Carlos Pereira Rocha e busca e apreensão em sua residência, na qual também estava sua namorada. 
Júlio já tinha uma mandado de prisão preventiva decretada, após as investigações relacionadas ao sequestro do gerente do Banco do Brasil em Barra da Estiva no dia 9 de abril deste ano. 
No momento do cumprimento de sua prisão, ele resistiu e foi alvejado, sendo socorrido e levado a uma unidade hospitalar. 
Segundo fontes ligadas à polícia, Júlio está cooperando com as investigações, e confessou ser o autor do sequestro da família do gerente em Barra da Estiva e apontou a residência onde estava o outro integrante da quadrilha, identificado como, Talles Deivison Souza Lelis, o qual também consta mandado de prisão preventiva em aberto.
 
Ainda de acordo com a polícia, Talles resistiu à voz de prisão e, após intenso tiroteio, foi alvejado e não resistiu aos ferimentos. Também na mesma operação, a polícia cumpriu mandado de prisão preventiva em desfavor de Guilherme Fraga na cidade de Montes Claros (MG), por ter também participado do crime em Barra da Estiva. 

A quadrilha atuava em vários estados e é a principal suspeita pela morte do delegado Marco Torres, ocorrido em 12 de abril deste ano, em uma estra vicinal próximo ao Distrito de Sussuarana, onde o corpo foi queimando dentro do veículo que conduzia.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PUBLICIDADE!

PUBLICIDADE!