Plantão Itabuna - A denúncia é sua, a missão é nossa: Concurso PC-BA: Ministério Público, Saeb e Vunesp se reúnem na próxima semana

Câmara de Vereadores parabeniza Itabuna pelos 108 anos

quinta-feira, 21 de junho de 2018

Concurso PC-BA: Ministério Público, Saeb e Vunesp se reúnem na próxima semana

U
ma audiência entre o promotor de Justiça Adriano Marcus Brito de Assis e representantes da Secretaria de Administração do Estado da Bahia (Saeb) e da Vestibular da Universidade Estadual Paulista (Vunesp) acontece no próximo dia 29, na sede do Ministério Público (MP-BA), em Salvador.

Na pauta da reunião estão as supostas irregularidades que teriam ocorrido durante a aplicação das provas objetivas e discursivas do concurso da Polícia Civil da Bahia (PC-BA), além do critério de correção adotado que pela banca. Na oportunidade, a banca e a Saeb vão apresentar seus posicionamentos diante das indagações feitas pelo MP-BA.
O Ministério Público já investigava o certame por denúncias de fraude. Agora, diversos candidatos enviaram representações ao órgão questionando a conduta da Vunesp em atribuir peso às questões. O edital de abertura dá a entender que a prova objetiva valeria 100 pontos no total, já considerando tanto as questões de conhecimentos gerais quanto específicos.

Na segunda-feira (18), o promotor Adriano Marcus fez recomendações ao secretário de Administração do Estado, Edelvino Góes, e ao delegado geral da Polícia Civil da Bahia, Bernardino Brito Filho. Ele sugeriu que “anulem a correção das provas objetivas, refazendo-a segundo o molde “previsto no edital e adotado ordinariamente pelo Estado da Bahia em outros concursos públicos, qual seja, de correção das provas de conhecimentos gerais e de conhecimentos específicos mediante a aplicação de 100 (cem) pontos para o total das 100 (cem) questões aplicadas nos exames”. 
Por meio de nota enviada ao BNews, a assessoria da Saeb informou que vai manter o critério adotado pela Vunesp na correção das provas. “A Saeb esclarece que o edital do concurso para Polícia Civil 2018 estabelece que as provas de conhecimentos gerais e de conhecimentos específicos foram avaliadas na escala entre 0 e 100 pontos cada. Esta regra de pontuação está disposta no item 11.1 do referido edital, não cabendo interpretação diversa das regras editalícias”, diz trecho da nota enviada ao site.  

A Saeb ainda assegura o “compromisso de lisura do concurso” e “garante o respeito às regras do edital, que são as normas que regem o certame”. Por fim, ressalta que a Procuradoria Geral do Estado (PGE), a Vunesp, além da própria Saeb, darão todas as explicações ao MP-BA.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PUBLICIDADE!

PUBLICIDADE!