Plantão Itabuna - A denúncia é sua, a missão é nossa: Juíza Eloína Machado recebe comenda Firmino Alves

domingo, 29 de julho de 2018

Juíza Eloína Machado recebe comenda Firmino Alves

Sandra Neilma, Eloína e Fernando Gomes. Foto: Divulgação.

A juíza do trabalho, Eloína Maria Barbosa Machado, foi homenageada em evento na faculdade Santo Agostinho, com a Comenda Firmino Alves. Ela revela ao Plantão Itabuna tamanhã alegria pela honraria. Confira na íntegra seu testemunho.


"A Comenda que o prefeito Fernando Gomes teve a generosidade de me oferecer, muito me honra, mas acima de tudo me comove, pela forte simbologia que tem.  Com este gesto  vem um turbilhão de memórias acumuladas, algumas até já esquecidas, desde aquele outro dia, lá atrás, em 1990 quando decidi fazer de Itabuna o meu lugar. Mas seria ainda mais correto dizer que não fui eu quem decidiu: foi sim Itabuna que se fez lugar e morada em mim. Sem desmerecer a cidade onde nasci, é em Itabuna  que me sinto em casa.

Itabuna  revelou-me  a vida nas suas dimensões invisíveis. Fez-me ver um lugar  muitas vezes belo, muitas vezes injusto e sofrido, vivências  que me adestraram a prática dos ensinamentos cristãos; a olhar o outro com os olhos da compaixão e do amor e a servir! 
A atitude de reconhecer e homenagear é um ato de desprendimento e profunda demonstração de consideração e afeto e nada é mais gratificante na vida  do que o reconhecimento. Não pela vaidade de ser reconhecida, mas pela afirmação coletiva de que nossas ações e  trabalho tiveram a aprovação e serviram, de alguma forma, para trazer melhorias e transformações na vida das pessoas.

Para que Itabuna  possa tornar-se no município que merecidamente aspiramos, é necessário executar políticas voltadas para a integração social, em todas as áreas, especialmente na educação, na saúde, na segurança; e essa responsabilidade é do gestor público e de  todos nós;                                                     Sempre tenho procurado dar o máximo e o melhor daquilo que o exercício da minha função impõe e além dos seus limites intervir e participar de projetos  que visam o desenvolvimento e melhoria do nosso município; Talvez as coisas que fiz ou procurei fazer durante toda minha trajetória, desde que aqui cheguei há 28 anos, desempenhando minha função judicante, não sejam motivos para a concessão de tão elevada honraria mas, se no entender do nobre prefeito, assim se constitui, é mais um motivo que me fortalece e me faz repensar o conceito de servir a coletividade, enquanto forças tiver.

Deus, pois, continue a me inspirar na tarefa, a um só tempo, equânime e fascinante, digna e apaixonada, de servir a todos e a cada um.                            Lembrando Gonzaguinha e assim  como ele “E é tão bonito quando a gente entende
Que a gente é tanta gente onde quer que a gente vá
E é tão bonito quando a gente sente
Que nunca está sozinho por mais que pense estar
É tão bonito quando a gente pisa firme
Nessas linhas que estão nas palmas de nossas mãos
É tão bonito quando a gente vai à vida
Nos caminhos onde bate, bem mais forte o coração.  “  Obrigada Itabuna".

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PUBLICIDADE!

PUBLICIDADE!