Plantão Itabuna - A denúncia é sua, a missão é nossa: Suspeita de tráfico é presa pela Polícia Civil

Câmara de Vereadores parabeniza Itabuna pelos 108 anos

sexta-feira, 13 de julho de 2018

Suspeita de tráfico é presa pela Polícia Civil

Uma mulher foi presa na manhã desta sexta-feira (13), no Centro Comercial de Itabuna, durante um trabalho de investigação do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa, que apura, entre outros assassinatos, a morte do menor Luiz Eduardo Santos Oliveira. Ele foi executado na manhã do último dia 06, no Jardim Grapiúna, popularmente conhecido como “Favela do Bode”.

Jéssica Gama Batista foi conduzida, inicialmente para prestar esclarecimentos sobre sua suposta relação com um dos autores do assassinato de Luiz. No entanto, ao chegar na delegacia, enquanto prestava depoimento, ela deixou escapar um nervosismo fora do comum. Desconfiado, o delegado questionou se ela estava escondendo alguma coisa.
Sem saída, acabou se entregando. Confessou que escondida 40 pedras de crack dentro do sutiã. E disse mais: tinha mais drogas em casa. Ela foi com os investigadores até o local e lá foram apreendidas 356 pedras da mesma droga, além de 13 papelotes de cocaína. Os policiais também encontraram papel alumínio, usado para acondicionar o entorpecente.

Jéssica foi autuada em flagrante por tráfico de drogas. Ela é casada com Felipe Silveira Santos, o “Orelha”, que está preso no Conjunto Penal de Itabuna.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PUBLICIDADE!

PUBLICIDADE!