Plantão Itabuna - A denúncia é sua, a missão é nossa: Sindpoc e Roberto José articulam ciclo completo e carreira unica para classe

terça-feira, 21 de agosto de 2018

Sindpoc e Roberto José articulam ciclo completo e carreira unica para classe

A candidata a Governadora Célia Sacramento (REDE), participou de atividades políticas em Vitória da Conquista no último sábado, 18, junto com o candidato a vice, o empresário conquistense, José Itamário, lideranças e candidatos a Deputados Estaduais e Federais da legenda. No evento, Célia assinou um termo de compromisso, se comprometendo, se eleita for, a mudar o atual modelo de Segurança Pública no Estado da Bahia, implementando o Ciclo Completo da Atividade Policial, visando a modernização da gestão e a desburocratização da investigação criminal, além da implantação da Carreira Única nas Polícias Civil e Militar da Bahia, visando valorizar e estimular a capacitação profissional daqueles profissionais.

O documento, articulado e formulado pelo candidato a Deputado Federal, Roberto José (REDE), em parceria com o Sindicato dos Policiais Civis e trabalhadores em segurança pública da Bahia – Sindpoc, indica, também, a implementação do Ciclo Completo da Atividade Policial. “Com teremos mais efetividade e eficiência do trabalho policial no Brasil.”, afirmou o candidato, que é policial civil e membro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública…

Célia Sacramento e Roberto José afirmaram que o atual modelo é anacrônico e defasado e dá total mostras de fracasso. “No Ciclo Completo da Atividade Policial, os policiais militares poderão fazer suas ações de prisão em flagrante ou de condução, fazer o procedimento devido e apresentar diretamente a autoridade judicial de plantão, que em audiência de custódia, vai julgar se mantem ou não a prisão do infrator, transformado ou não tem prisão preventiva.”, explicou.

O candidato complementa que com isso vai liberar a Polícia Civil para investigar crimes mais graves, pois no atual modelo, os índices resolução pelas Judiciárias no Brasil e na Bahia, são muito baixos, muito longe dos índices de alguns países vizinhos na América Latina. “Vou articular uma proposta de emenda à Constituição Federal para modificar o Artigo 144 da Constituição. Assim, Polícia de ciclo completo ou ciclo completo de polícia consiste na atribuição à mesma corporação policial das atividades repressivas de polícia judiciária ou investigação criminal e da prevenção aos delitos e manutenção da ordem pública realizadas pela presença ostensiva uniformizada dos policiais nas ruas.”

Essas atribuições conjuntas são executadas de forma descentralizada por repartições policiais, em geral, as delegacias de polícia (ou órgãos equivalentes dos diversos países), que se constituem nas responsáveis pelo controle da incidência criminal de determinadas áreas geográficas. “É a modalidade adotada em quase todos os países, constituindo, entretanto, exceções Brasil, Cabo Verde e Guiné-Bissau. Por sua vez, Carreira Única nas Polícias Civil e Militar da Bahia vai possibilitar que a porta de entrada para fazer parte daquelas polícias, seja exclusivamente a base da carreira, ou seja, só como soldado ou investigador/escrivão de polícia, que pode acessar por mérito, o ultimo grau hierárquico da carreira nas suas instituições.”, concluiu.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PUBLICIDADE!

PUBLICIDADE!