Plantão Itabuna - A denúncia é sua, a missão é nossa: Delegado que participou da investigação na Lava Jato será o novo chefe da PF

terça-feira, 20 de novembro de 2018

Delegado que participou da investigação na Lava Jato será o novo chefe da PF


Hoje superintendente da PF no Paraná, Maurício Valeixo assumirá a direção-geral da instituição - Reprodução
O futuro ministro da Justiça, Sergio Moro, confirmou nesta terça-feira (20) que o atual superintendente da Polícia Federal no Paraná, Maurício Valeixo, 51, será o novo diretor-geral da corporação.

"Ele [Valeixo] tem a missão de fortalecer a Polícia Federal e que a Polícia Federal possa direcionar suas investigações principalmente com foco em corrupção e crime organizado. É um grande desafio, são problemas sérios, mas ele é uma pessoa plenamente capacitada", afirmou o ex-juiz federal.

Valeixo já foi o número três da hierarquia geral do órgão, diretor de Combate ao Crime Organizado (Dicor), na gestão de Leandro Daiello, de 2015 a 2017. 
Moro disse ter conversado com o atual diretor-geral da instituição, Rogerio Galloro, para relatar a sua decisão de trocar o comando da PF.​ 
"Conversei com o doutor Galloro, agradeci a ele pelos serviços prestados e pretendo convidá-lo a ajudar em alguma função no âmbito do Ministério da Justiça e da Segurança Pública. Ele não sai por demérito nenhum", disse, sem especificar qual cargo poderá ser ocupado pelo atual chefe da polícia.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PUBLICIDADE!

PUBLICIDADE!