Plantão Itabuna - A denúncia é sua, a missão é nossa: Polêmica decisão do governo da Bahia em mandar reforço policial para o Ceará

sábado, 5 de janeiro de 2019

Polêmica decisão do governo da Bahia em mandar reforço policial para o Ceará


A decisão de enviar reforço policial baiano para o Ceará, nos próximos dias, tornou-se polêmica, tudo pela necessidade real de oferecer ajuda ao colega correligionário e, ao mesmo tempo, desfalcar a corporação no estado que sofre também com tamanha violência. Além da retirada de especializadas da Bahia, existe outro problema, o deslocamento de policiais para as chamadas "operação verão", desfalcando os batalhões no interior.
Em meio à série de ataques ocorridos no Ceará nos últimos dias, o governador Rui Costa (PT) conta que ofereceu ajuda ao governador Camilo Santana (PT). O baiano vai auxiliar com o envio de reforço policial ao estado comandado pelo correligionário. A declaração foi feita durante inauguração da contenção de uma encosta, na Travessa Dom Luís de Vasconcelos (Brejal), no Alto do Peru, na manhã desta sexta-feira (4).

“Eu vou ver agora com o procurador e o secretário de Segurança [Maurício Barbosa] a formalidade disso, a gente fazer um termo de cooperação. Eu vou sentar agora com eles pra escolher algumas tropas especializadas e mandar pra lá, pra ajudar o Ceará”, confirmou Rui. A capital Fortaleza tem sofrido vários ataques, como ônibus incendiados e equipamentos públicos depredados.

Um viaduto localizado na BR-020, na região metropolitana da cidade, corre o risco de desabar após ser atingido por uma bomba.O ministro da Justiça, Sérgio Moro, autorizou o uso da Força Nacional para ajudar a conter a onda de violência. Na quinta (3), ele já havia determinado que a Polícia Federal (PF), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Departamento Penitenciário Nacional (Depen) tomem as “providências necessárias” de apoio. BN

Comente com o Facebook:

Um comentário:

PUBLICIDADE!

PUBLICIDADE!