Plantão Itabuna - A denúncia é sua, a missão é nossa: Empresários são presos em Ferradas por trabalho escravo

quinta-feira, 18 de abril de 2019

Empresários são presos em Ferradas por trabalho escravo

Agentes da PF na empresa acusada de explorar venezuelanos || Reprodução
A Polícia Federal resgatou uma mulher e nove homens venezuelanos durante operação com a Secretaria do Trabalho, do Ministério da Economia, na manhã desta quinta-feira (18), em Itabuna. Os dez venezuelanos foram encontrados em situação análoga à de escravidão na empresa que, segundo informações, pertence a um brasileiro e um polonês. Os donos do negócio foram detidos e encaminhados para a sede da PF em Ilhéus.
Os venezuelanos estariam sendo explorados na empresa em Itabuna há mais de dois meses. Conforme denúncias, eles trabalhavam no galpão – uma oficina mecânica para veículos e equipamentos de lazer -, onde dormiam em colchões jogados no chão e sem água potável. As condições foram consideradas subumanas.
O galpão funciona ao lado do Condomínio Residencial São José, em Ferradas, às margens da BR-415, trecho que liga Itabuna a Ibicaraí. As primeiras informações são de que a mulher e os nove homens entraram legalmente no país e foram aliciados pela empresa pela internet com a promessa de emprego. Pimenta Blog publicou.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PUBLICIDADE!

PUBLICIDADE!