Plantão Itabuna - A denúncia é sua, a missão é nossa: Secretário promete melhorias na Bananeira após intermédio da Câmara

terça-feira, 28 de maio de 2019

Secretário promete melhorias na Bananeira após intermédio da Câmara



Por: Andreyver Lima

Nesta segunda-feira (27), ocorreu sessão especial na Câmara de Vereadores, reunindo secretários municipais, OAB de Itabuna, bem como a Defensoria pública e moradores, que tiveram o acesso bloqueado ao bairro Lomanto, em função da reabertura do Aeródromo Tertuliano Guedes de Pinho. O assunto gerou tensão na comunidade e preocupação entre os vereadores.

Uma grande mobilização dos moradores, com faixas e cartazes, mostrava aos presentes outras reivindicações, como a falta de pavimentação, iluminação e de linhas de ônibus. Para discutir a questão, a Mesa foi composta por Robson Laranjeira, representante da comunidade, pelo secretário Dinailson Oliveira, de Administração, Coronel Gilberto Santana, do Transporte e Trânsito, Aline Gomes, da OAB Itabuna e Joselito Oliveira, da procuradoria do município.

A proposta da sessão foi do vereador Jairo Araújo.
Como saída para a crise, o secretário Dinailson Oliveira, após se desculpar por ‘falhas do governo’ afirmou que dará início a mudanças já na próxima segunda-feira (3). “Vou começar pela parte da iluminação pública e entrar com toda a pavimentação. Se eu puder asfaltar a bananeira toda, certamente irei fazer. O governo vai atuar lá dentro.” disse.
Segundo o secretário, o governo já aguardava alguma mobilização dos moradores. “Desde quando se discutiu a abertura do aeroporto a Bananeira já estava incluída no plano de obras da prefeitura. Já aguardávamos qualquer movimentação.” afirmou.
Para Robson Laranjeira, a sessão foi uma preliminar de tudo o que a comunidade precisava ouvir. “O secretário falou aqui, que ele vai lá na segunda-feira e vamos acompanhar a visita do início ao fim. Temos muitos anseios, uma pauta de reivindicação. Temos confiança na palavra dele.”
O vereador Jairo Araújo comemorou o resultado positivo da sessão e cobrou o cumprimento do calendário de ações por parte da prefeitura. “Conseguimos fazer uma grande sessão, já que o clima na comunidade estava muito tenso até em relação à reação da Secretaria de trânsito, que acabou transformando uma questão social num caso de polícia sem necessidade. Somos favoráveis e unânimes em concordar com o funcionamento do aeródromo, mas isso não pode implicar na alteração da vida das pessoas, do ponto de vista da mobilidade, bem como na questão da educação, da saúde.”
Para Jairo o governo entendeu a mensagem. “O governo se comprometeu e vamos acompanhar com os moradores que tipo de ação a Prefeitura vai fazer.” disse.
A Bananeira é um bairro histórico, as margens do Rio Cachoeira e que abriga pelo menos 400 famílias. Elas tiveram seu acesso bloqueado, desde o retorno do funcionamento do Aeródromo Tertuliano Guedes de Pinho. Durante o período em que o aeródromo permaneceu desativado, por mais de vinte anos, os moradores da localidade circulavam diariamente no local, cruzando a pista de pouso para acessar outros bairros.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PUBLICIDADE!

PUBLICIDADE!