Plantão Itabuna - A denúncia é sua, a missão é nossa: População de Itabuna continua sem transporte, presidente alega não ser notificado pela jusitça

segunda-feira, 15 de julho de 2019

População de Itabuna continua sem transporte, presidente alega não ser notificado pela jusitça

"Não fui informado ainda", diz presidente.
Itabuna, sul da Bahia, com mais de 220 mil habitantes está sem transporte coletivo há uma semana. O juiz Ulysses Maynard Salgado intimou o Município para informar, no prazo de 48 horas, as medidas que tem adotado para a regularização do serviço no Município.

O jornalismo da Rádio Interativa FM 93,7 manteve contato nesta manhã de segunda-feira (15) com o Presidente do sindicato da categoria, Arlessem Nascimento, por telefone ele informou que ainda não foi notificado pela justiça sobre o retorno do trabalho.

Na útlima sexta-feira (12), a pedido do Ministério Público estadual, a Justiça determinou que o Município de Itabuna adote imediatamente todas as medidas legais e contratuais para restabelecer o funcionamento do serviço de transporte coletivo de ônibus e impedir nova paralisação na cidade.

Segundo o promotor de Justiça Patrick Pires, autor do novo pedido de tutela de urgência, desde o dia 9 de julho, nenhum ônibus do sistema de transporte coletivo urbano circulou em Itabuna, “gerando uma situação de caos no transporte público, com o aparecimento, inclusive, de transportes clandestinos e aplicação de valores abusivos”.

A Justiça determinou ainda a imediata implantação do valor de R$ 3,12 para a tarifa de ônibus, como consequência da aplicação da fórmula paramétrica prevista nos contratos de concessão e estudo tarifário realizado pela Agência de Regulação, Controle e Fiscalização dos Serviços Públicos (Arsepi).



Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PUBLICIDADE!

PUBLICIDADE!