Plantão Itabuna - A denúncia é sua, a missão é nossa: Advogada explica contrato de Bruno com Poços de Caldas e diz que goleiro quer ser exemplo de recuperação

quinta-feira, 29 de agosto de 2019

Advogada explica contrato de Bruno com Poços de Caldas e diz que goleiro quer ser exemplo de recuperação

O contrato do goleiro Bruno com o Poços de Caldas Futebol Clube terá duração inicial de seis meses, até fevereiro de 2020. A ideia é verificar como o goleiro e o clube se adaptam à rotina de treinamentos na cidade de Varginha, em Minas Gerais, explicou ao ESPN.com.br a advogada do atleta Mariana Migliorini. 

"Como o Brasil não tem colônia penal agrícola e industrial, e o regime semiaberto domiciliar demanda que o condenado trabalhe. Bruno é atleta profissional. Por isso, uma rotina de treinamentos de um clube é considerada trabalho", diz ela. 
Seu vínculo com o clube seria regido pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Terá convênio médico e proteção contra acidentes - todos os benefícios de qualquer jogador de futebol. 
O Poços de Caldas, no momento, não está vinculado à Federação Mineira de Futebol, de modo que ainda






Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PUBLICIDADE!

PUBLICIDADE!