Plantão Itabuna - A denúncia é sua, a missão é nossa: Em operação, Polícia Federal investiga fraudes na Previdência Social na Bahia

quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Em operação, Polícia Federal investiga fraudes na Previdência Social na Bahia

O empresário Roberto Pereira de Oliveira foi preso na manhã desta quinta-feira, 19, por estelionato durante a 'Operação Lama Preta', da Polícia Federal (PF), em conjunto com a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia no município de Camaçari.
Os agentes prenderam, ao todo, nove pessoas e três ainda estão foragidas. A PF cumbriu 23 mandados e apreendeu materiais na casa dos envolvidos.
Durante a coletiva, o delegado da Polícia Federal Marcelo Andrade Siqueira informou que foram três anos de investigação e que as fraudes geraram 4 milhões de prejuízo.
Um casal de ciganos, que já tinha antecedentes criminais, também foram presos por estelionato. A identidade dos suspeitos não foram divulgados. Idosos era usados como dublê para falsificar documentos.
O início das investigações se deu a partir da constatação feita pela inteligência previdenciária de indícios de falsidade em benefícios assistenciais solicitados em agências baianas do INSS, em que era utilizado sempre o mesmo endereço: o bairro da Lama Preta, no município de Camaçari, Região Metropolitana de Salvador.
Segundo a PF, não foi identificado nenhum funcionário do INSS entre os envolvidos do esquema de fraudes.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PUBLICIDADE!

PUBLICIDADE!