Plantão Itabuna - A denúncia é sua, a missão é nossa: Prefeitura deve mais de R$ 30 milhões ao grupo Santa Casa de Misericórdia de Itabuna

quarta-feira, 2 de outubro de 2019

Prefeitura deve mais de R$ 30 milhões ao grupo Santa Casa de Misericórdia de Itabuna

NOTA DE ESCLARECIMENTO
A Santa Casa de Misericórdia de Itabuna vem a público esclarecer fatos que acirraram a histórica crise econômico financeira vivenciada pela instituição, com fortes repercussões na manutenção do Serviço de Oncologia, representado pelas Unidades de Quimioterapia, Radioterapia, Ambulatório e Cirurgias Oncológicas.
Na condição de prestador de serviço de alta complexidade contratado pelo Gestor Municipal de Saúde, a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna acumula um déficit histórico de mais de R$27.372.000,00 (VINTE E SETE MILHÕES, TREZENTOS E SETENTA E DOIS MIL REAIS) em atendimentos prestados e não pagos, equivalente ao período histórico de 2008 a 2016. Todo o acumulado encontra-se em tramitação, ajuizado em três diferentes ações na Vara da Fazenda Pública – Comarca de Itabuna, sob os números 0014890-03.2008.8.05.0113; 302207-16.2012.8.05.0113; 0964757-90.2015.8.05.0113.
Somado a tanto, na atual gestão, o déficit é de R$ 3.965.595,43 (Três milhões novecentos e sessenta e cinco mil quinhentos e noventa e cinco reais e quarenta e três centavos), referente ao funcionamento de alguns serviços, entre os quais o Hospital São Lucas, inadimplência que contribuiu sobremaneira para a suspensão do atendimento daquela Unidade Hospitalar em 2018.
Todos os esforços estão sendo envidados para solucionar o problema ora instalado. De imediato, para sobre a manutenção do Serviço de Oncologia, a Santa Casa de Itabuna aguarda desde o dia 30 de agosto o repasse da Emenda de Custeio no valor de R$1,5 milhão.

Sobre a suspensão temporária e parcial do atendimento na Unidade de Radioterapia, informamos que uma das máquinas encontra-se em manutenção e que o serviço será normalizado tão logo a equipe de técnicos solucione o problema.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PUBLICIDADE!

PUBLICIDADE!